Uncategorized

“Natal Luz e Amor que Transforma” celebra a magia do Natal em Ouricuri

Quem passa pelas avenidas e no entorno da praça Frei Damião já pode perceber a movimentação e o clima contagiante...
Leia mais
Uncategorized

Operação Lei Seca completa uma década de atuação em Pernambuco

Foto: divulgação A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas pernambucanos...
Leia mais
Uncategorized

Bolsonaro é o melhor cabo eleitoral que Moro poderia ter

Desde o início do governo, o presidente Jair Bolsonaro fazia tudo errado e dava certo para ele. A partir de certo momento,...
Leia mais
Uncategorized

Brasil já aplicou ao menos uma dose de vacina em 90% dos adultos acima dos 18 anos

O Ministério da Saúde anunciou que o Brasil alcançou, nesta quinta-feira, a marca de 90% do público-alvo (população adulta) vacinado...
Leia mais
Uncategorized

Carnaval de Pernambuco pode ser realizado em formato diferente em 2022

O Carnaval de Pernambuco de 2022 pode ser modulado, informou o secretário de Saúde do Estado, André Longo, em coletiva...
Leia mais
Uncategorized

Flexibilização de máscara em Pernambuco cai por terra

Pernambuco voltou atrás na decisão de liberar o uso de máscara ao atingir 80% da população vacinada, como estava previsto...
Leia mais
Uncategorized

Deputado do PL é flagrado com dinheiro que seria do orçamento secreto

Em imagens divulgadas pela revista Crusoé, Josimar de Maranhãozinho, deputado do Partido Liberal, aparece manuseando maços de dinheiro que, segundo a Polícia Federal,...
Leia mais
Uncategorized

Araripina: Polícia investiga suposto abuso sexual em criança

Foto: Blog do Roberto Ao dar entrada na UPA, a criança apresentava quadro clínico de obstrução do reto por algum...
Leia mais
Uncategorized

Vale-gás não consegue cobrir metade do custo do botijão em 17 estados

Sancionado na última semana pelo presidente Jair Bolsonaro, o auxílio previsto no programa Gás dos Brasileiros começará a ser pago...
Leia mais
Uncategorized

Presidente regulamenta auxílio gás e Programa Alimenta Brasil

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta quinta-feira (2) decreto que regulamenta a Lei 14.237/21, que institui o auxílio gás. O texto...
Leia mais
Uncategorized

PEC: Gleisi se diz surpresa com votos favoráveis de senadores petistas

A decisão da maioria dos senadores do PT de votar a favor da PEC dos Precatórios irritou a presidente nacional...
Leia mais
Uncategorized

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira (2) cinco casos da variante Ômicron no Brasil – três em São Paulo e...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Bolsonaro e Fernández pedem união, mas expõem divergências no Mercosul

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Argentina, Alberto Fernández, disseram nesta 6ª feira (26.mar.2021) que as divergências políticas e econômicas não podem afetar a integração dos países-membros do Mercosul. Deram a declaração em reunião virtual que comemorou o aniversário de 30 anos da criação do bloco.

© Reprodução/Casa Rosada O presidente Jair Bolsonaro participou de encontro virtual com presidentes do Mercosul nesta 6ª feira (26.mar.2021); na foto, em primeiro plano, o argentino Alberto Fernández

“Diferenças de perspectivas que existam entre nós, de natureza política ou econômica, não devem afetar o andamento do projeto de integração, desde que respeitados os princípios que balizam o bloco“, disse Bolsonaro.

“Queremos buscar acordos respeitando a diversidade dos países, ainda que pensemos diferente sobre certos temas. A vontade de integrarmo-nos tem de imperar”, disse o presidente da Argentina.
Mesmo com a defesa de união dos países-membros, Fernández e Bolsonaro expuseram diferentes opiniões sobre o que defendem para o futuro do bloco econômico.
Bolsonaro criticou a “regra do consenso” do Mercosul, isso é, que todas as decisões devem ser tomadas de forma unânime. O brasileiro também defendeu a redução da TEC (Tarifa Externa Comum).

Já Fernández expressou resistência à mudança. Falou que defende a correção de inconsistências na taxa, mas que deve-se priorizar “a preservação do equilíbrio entre os setores agroindustrial e industrial”.

Trio é preso com quase 200 kg de carne e carcaça de jumento em Limoeiro, no Agreste

Três homens foram presos com 150 kg de carcaça de animal não identificado e 40 kg de carne de jumento, no município de Limoeiro, no Agreste Setentrional. De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco, o trio é suspeito de cometer crime contra a economia e as relações de consumo.

“Os policiais procederam uma abordagem e, nos dois veículos abordados, foram encontrados uma carcaça de animal (possivelmente um jumento), pesando aproximadamente 150kg e, aproximadamente, 40kg de carne de jumento, acondicionada no porta-malas”, informou a PM.

De acordo com o efetivo policial, foi montada uma estratégia operacional que resultou na prisão dos envolvidos. O suspeitos foram presos no momento em que trafegavam pela estrada de acesso ao Sítio Bonsucesso, em Limoeiro.

A operação começou quando os policiais da 6ª Companhia Independente da PM foram acionados pela Central de Operações para uma ocorrência de funcionamento de um “possível matadouro clandestino”.

A ação foi realizada em conjunto com o Núcleo de Inteligência da unidade. De acordo com a PM, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Limoeiro para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

Por: Diario de Pernambuco

Santander mobiliza campanha de doação de até 300 mil cestas básicas

O banco Santander Brasil criou uma mobilização para doar cestas básicas para a Ação da Cidadania, organização fundada pelo sociólogo idealizador da campanha Brasil Sem Fome. A empresa já doou 100 mil cestas e lançou um desafio aos seus 44,6 mil funcionários: caso a marca seja igualada na forma de doações espontâneas, o banco doará outras 100 mil cestas. Desta forma, a entidade receberá até um total de 300 mil unidades.

Com o engajamento dos funcionários, a ação se torna uma iniciativa de mobilização social, com o objetivo de inspirar mais pessoas e organizações a tomarem atitudes concretas para enfrentar os desafios impostos ao país pela pandemia de Covid-19. Cada cesta básica terá o custo de R$ 50. Nesta semana, o banco já anunciou que irá antecipar para 30 de abril o pagamento integral do 13º salário a todos seus os funcionários.

A Ação da Cidadania será responsável pela distribuição das cestas básicas em todo o Brasil – desde o início da crise de saúde, a entidade já beneficiou mais de 2 milhões de brasileiros com a entrega de 4,7 milhões de toneladas de alimentos nos 26 estados e no Distrito Federal. A ideia é utilizar a capilaridade e a rede de parcerias da organização social para levar as doações até as famílias mais necessitadas neste momento, o que inclui comunidades quilombolas, ribeirinhas e indígenas.

Ao longo de 2020, os colaboradores já fizeram mobilizações voluntárias, em todas as regiões do país, e conseguiram doar, entre esforços próprios e de clientes, 792 toneladas de alimentos. Além disso, em setembro do ano passado, durante a Semana Santander – movimento global de cultura corporativa – a unidade brasileira do Grupo arrecadou R$ 7,2 milhões (metade doada por funcionários e clientes e metade pelo próprio banco) para a compra de cestas básicas pelo Programa Mães de Favela da CUFA (Centra Única de Favelas), beneficiando 20 mil famílias. Outros R$ 7 milhões foram doados por funcionários e pelo banco dentro do programa Amigo de Valor para cinco hospitais que estão na linha de frente do combate à pandemia.

Por: Diario de Pernambuco

PF cumpre mandados de busca contra empresários vacinados em garagem de ônibus

A PF procura indícios da importação e receptação irregular de doses da vacinas da Pfizer. Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 35º Vara Federal Criminal de Belo Horizonte.

De acordo com reportagem da revista Piauí, as doses da Pfizer foram adquiridas por iniciativa própria e não repassadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), como prevê a lei. A segunda dose estaria prevista para ser aplicada nas cerca de 50 pessoas daqui a 30 dias; o lote com duas doses para cada custou R$ 600 por pessoa.

Os empresários, que teriam recebido a primeira dose na terça-feira (23), são, em maioria, ligados ao setor de transportes no estado, de acordo com a publicação. Entre eles estaria o ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG), ex-presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT); os familiares do político também teriam sido vacinados.

Ainda de acordo com a reportagem, parte dos imunizados afirmou que os irmãos Rômulo e Robson Lessa, donos da viação Saritur, seriam os responsáveis da iniciativa e que uma garagem do grupo serviu de posto de vacinação improvisado. Em nota, a Saritur informou que os irmãos Lessa não fazem parte do seu corpo societário e que a direção da empresa desconhece a ocorrência de imunização em uma garagem.

Pfizer começa a testar vacina contra a Covid-19 em crianças

A Pfizer disse nesta quinta-feira (25) que começou os testes clínicos de sua vacina contra o coronavírus com crianças abaixo dos onze anos, um sinal do próximo estágio da campanha global de imunização.

“Junto com nosso parceiro BioNTech, administramos as doses nas primeiras crianças saudáveis em um estudo contínuo global de Fases 1/2/3 para seguir avaliando a segurança, a tolerabilidade e a imunogenicidade da vacina Pfizer-BioNTech contra a covid-19”, disse a empresa em um comunicado à AFP.

“Estamos orgulhosos de iniciar este estudo tão necessário para crianças e famílias que aguardam ansiosamente uma possível opção de vacina.”

De acordo com detalhes postados no site clinictrials.gov, a farmacêutica está testando três dosagens diferentes para o uso nessa faixa etária.

A empresa já estava testando as vacinas em adolescentes de 12 a 15 anos, e sua autorização de emergência nos Estados Unidos vale para pessoas acima dos 16 anos.

A Pfizer se junta à Moderna e a AstraZeneca, que já testam suas vacinas em crianças, enquanto a Johnson & Johnson tem planos de começar.

Embora as crianças geralmente sejam poupadas do pior da doença e tenham menos probabilidade do que os adultos de transmitir o vírus, raros casos mais graves de covid e mortes acontecem, bem como uma complicação inflamatória pós-infecciosa chamada MIS-C.

Os menores de 18 anos representam cerca de um quinto do total de 330 milhões habitantes dos EUA, e a maioria dos especialistas acredita que será necessário avançar no sentido de imunizar crianças para que a imunidade seja alcançada a nível populacional.

Por: AFP

Páscoa de 2021 deve ter retração das vendas no varejo, diz CNC

A expectativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) para a Páscoa de 2021 é de queda nas vendas de 2,2%, em comparação à mesma data do ano passado, que foi considerada muito ruim, com retração de 28,7%. A data deve movimentar no varejo do país R$ 1,62 bilhão.

“Se confirmada essa expectativa, vai ser o menor faturamento em 13 anos. Desde 2008 que o faturamento do varejo com a Páscoa não é tão pequeno como esse que a gente está esperando”, disse à Agência Brasil o economista senior da CNC, Fabio Bentes. As estatísticas mostram que o movimento de vendas da Páscoa é crescente ano a ano até 2019, com pequenas oscilações, e despenca em 2020. O faturamento caiu de R$ 2,33 bilhões, em 2019, para R$ 1,66 bilhão, no ano seguinte.
A variação do dólar, que subiu 23% entre a Páscoa de 2020 e a deste ano, explica a expectativa negativa para o período, que é considerado a sexta data comemorativa mais importante para o comércio varejista brasileiro, depois do Natal, Dia das Mães, Dia dos País, Dia das Crianças e Black Friday.
“O dólar ficou 23% mais caro”. E como a Páscoa envolve produtos importados ou insumos importados, significa que ou o varejo importava esses produtos e aumentava o preço, ou não importava, argumentou Fabio Bentes. “E a opção que o varejo fez foi reduzir as importações este ano, porque o consumidor brasileiro não aguenta um aumento expressivo de preços, ainda mais para itens não essenciais como esses”.

Presidente da Caixa promete novo auxílio sem longas filas

 

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, prometeu nesta quinta-feira (25) o pagamento da nova rodada de auxílio emergencial sem repetir as longas filas observadas no ano passado, quando a ajuda aos vulneráveis foi implementada pela primeira vez. Segundo ele, “em breve” o presidente da República, Jair Bolsonaro, irá anunciar o calendário da próxima fase do auxílio.

A ajuda já foi recriada por meio de Medida Provisória, com vigência imediata e os pagamentos só começarão em abril.

Guimarães destacou que a bancarização dos beneficiários na primeira rodada vai ajudar na operação da nova rodada.

A lei que criou o auxílio permitiu à Caixa criar contas de poupança digital de forma automática para os beneficiários, que puderam pagar contas ou fazer transferências sem precisar se deslocar até uma agência ou lotérica.

A sistemática, por sua vez, também teve problemas, com inúmeras fraudes e instabilidades no aplicativo Caixa Tem, que dá acesso à poupança digital.

Segundo o presidente da Caixa, cerca de 20 milhões de pessoas dos 45 milhões de beneficiários não precisarão ir às agências do banco para sacar o dinheiro.

– Nós faremos novamente (pagamento do auxílio) em breve e sem ter um volume grande de filas, disse em cerimônia sobre ações da Caixa realizada no Planalto.

Para Guimarães, ajuda nesse sentido o fato de o banco ter aberto recentemente 76 novas agências e anunciado a contratação de 7.704 novos colaboradores.

Bolsonaro diz que auxílio deve ser pago entre 4 e 5 de abril

O presidente Jair Bolsonaro afirmou em live nesta quinta-feira (25) que o pagamento do auxílio emergencial deverá começar nos dias 4 ou 5 de abril.

“O auxílio emergencial começa no início da semana que vem, dia 4 [domingo] ou 5. São mais quatro parcelas do auxílio emergencial, que já é o maior programa social do mundo, para atender exatamente aqueles que foram atingidos pela política do ‘fique em casa’, ‘feche tudo’”, afirmou Bolsonaro.

“O governo federal manteve viva a economia no ano passado e, mais ainda, fez com que o país, assim como o mundo todo estava previsto ter um PIB negativo, com exceção da China, os demais países tiveram PIB negativo. E o Brasil foi o quarto que menos decresceu. Então, invariavelmente, fruto de várias políticas do governo voltada para o emprego”, completou.

Mais cedo, o chefe do Executivo também comentou sobre o auxílio emergencial. Ele alegou que apesar do valor baixo, o montante será de ajuda para quem realmente precisa.

Na nova rodada, o desenho prevê quatro parcelas mensais de R$ 150 para famílias de uma pessoa só, R$ 250 para a média das famílias e R$ 375 para mulheres que são únicas provedoras da família.

Por: Correio Braziliense