Uncategorized

Luz deve subir 19% em 2022, diz levantamento; seca é maior responsável

A conta de luz deve sofrer, em média, um reajuste de 19% em 2022, de acordo com cálculos da TR...
Leia mais
Uncategorized

Deputados se posicionam contra o Carnaval em Pernambuco

A Reunião Plenária da Alepe foi marcada por apelos para que o Governo do Estado adote medidas de controle da...
Leia mais
Uncategorized

MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quarta-feira (1º) o edital com o cronograma e os procedimentos para participação das mantenedoras de...
Leia mais
Uncategorized

Pelo menos 14 capitais não terão festa de Réveillon neste ano

Ao menos 14 capitais brasileiras decidiram não realizar festas de Réveillon na virada de 2021 para 2022, devido ao avanço...
Leia mais
Uncategorized

Brasil tem 11,4 mil novos casos de covid-19 e 283 mortes em 24 horas

O balanço divulgado nessa quarta-feira (1º) pelo Ministério da Saúde registra 11.413 novos casos de covid-19 no Brasil, em 24...
Leia mais
Uncategorized

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem; confira

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (1º) os gabaritos oficiais do Exame Nacional...
Leia mais
Uncategorized

Senado vota hoje medida que cria Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família

O Senado vota nesta quinta-feira a medida provisória (MP) que criou o programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família e...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena acumula e prêmio sobe para R$ 16 milhões; confira os números

A Caixa realizou na noite desta quarta-feira o sorteio do concurso 2.433 da Mega-Sena, com um prêmio de R$ 11.008.240,88,...
Leia mais
Uncategorized

Mais de 300 hectares de caatinga e cerrado desmatados em Área de Proteção Ambiental na Chapada do Araripe

Uma área de mais de 300 hectares da Serra da Perua, encravada na Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapada...
Leia mais
Uncategorized

Brasil tem a maior proporção de crianças fora da escola dos últimos seis anos

Levantamento do Todos Pela Educação mostra que o Brasil tem o maior número de crianças de 6 a 14 anos...
Leia mais
Uncategorized

Bolsonaro no PL muda dinâmica de forças na oposição pernambucana

Foto: reprodução Por Diego Lagedo / PE em Pauta A filiação de Bolsonaro ao PL, realizada nessa terça-feira (30), continua...
Leia mais
Uncategorized

Mais 230 casos e oito mortes por Covid-19 são registrados em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (30), 230 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 19 (8%)...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Exame toxicológico: motoristas têm até o fim de julho para evitar multa

Condutores de todo o Brasil com Carteira Nacional de Habilitação nas categorias C, D e E, com vencimento entre julho e dezembro de 2021, devem realizar o exame toxicológico periódico até 31 de julho, prazo estabelecido pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). A aplicação das multas, iniciada em 1º de julho, segue o cronograma do Contran, que segue a data de validade das habilitações.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Toxicologia (Abtox), 850.276 mil condutores fazem parte do grupo que deve realizar o exame toxicológico periódico até 31 de julho. Quem perder o prazo será automaticamente multado em R$ 1.467,35, a partir de 1º de agosto.
A fiscalização, antes prevista para abril, foi prorrogada pelo Contran devido à pandemia. O novo calendário, divulgado em abril, foi escalonado conforme o vencimento da CNH e já está em vigor. 
Motoristas de vans, caminhões e ônibus devem comparecer a um posto de coleta laboratorial vinculado a algum laboratório credenciado pelo Denatran. Além da multa administrativa devido à perda do prazo de realização do exame, os condutores também estão sujeitos a penalizações cumulativas.
O flagrante acarretará infração gravíssima, com atribuição de 7 pontos na CNH e suspensão do direito de dirigir por três meses, além de pagamento de nova multa no valor de R$ 1.467,35. O retorno do direito de dirigir está condicionado à realização de novo exame, com resultado negativo.
O procedimento detecta o uso regular de drogas pelo prazo de até 90 dias anteriores à data da coleta da amostra de pelos ou fios de cabelo. A obrigatoriedade do exame passou a vigorar em março de 2016, com a Lei nº 13.103/15 e impactou cerca de 12 milhões de condutores no Brasil. Correio Braziliense

Deixe um comentário