Uncategorized

Nova carteira de identidade começa a ser emitida em 4 de agosto

O governo federal divulgou nesta segunda-feira (27) os novos modelos da carteira de identidade e passaporte. A Carteira de Identidade...
Leia mais
Uncategorized

Vale-gás deve dobrar de valor e passar a ser mensal com novo pacote dos combustíveis

Parlamentares governistas avaliam garantir a concessão do vale-gás todos os meses. Hoje, o governo paga 50% do valor do botijão a cada dois meses....
Leia mais
Uncategorized

67% desaprovam a gestão do governador Paulo Câmara, diz pesquisa Real Time Big Data

A pesquisa eleitoral Real Time Big Data, divulgada ao fim desta segunda-feira (27), divulgou, além da intenção de voto para...
Leia mais
Uncategorized

Litro da gasolina em Pernambuco bate os R$ 8,30. Veja onde está mais barato

Por Lucas Moraes/JC O primeiro levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) após o último aumento praticado...
Leia mais
Uncategorized

Desde 1989, pesquisas feitas a 100 dias das eleições acertaram 6 de 8 resultados

Metrópoles A mais recente pesquisa do Instituto Datafolha foi divulgada a 100 dias das eleições, marcadas para 2 de outubro....
Leia mais
Uncategorized

Mais de 60 mil professores de Pernambuco receberão atrasados do Fundef em 2022

Os professores do Estado de Pernambuco já vão receber os primeiros recursos dos atrasados do Fundef em suas contas de...
Leia mais
Uncategorized

Paulo Guedes sugere CPI para investigar repasses da União aos estados

Em meio à perspectiva da instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) devido à série de denúncias de corrupção no...
Leia mais
Uncategorized

Estados e DF acionam STF contra lei que limita cobrança de ICMS

Os governadores de 11 estados e do Distrito Federal decidiram acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei, sancionada nesta...
Leia mais
Uncategorized

Caged: país registra saldo de 277 mil novas vagas formais de trabalho

Em maio deste ano, o Brasil registrou um saldo de 277.018 novos empregos formais. Segundo os dados do Novo Caged...
Leia mais
Uncategorized

EUA: 46 pessoas são encontradas mortas dentro de caminhão; vítimas seriam imigrantes

Mais de 40 pessoas foram encontradas mortas em uma carreta de um caminhão perto da cidade de San Antonio, no...
Leia mais
Uncategorized

Paulo Câmara anuncia pacote de benefícios para a educação

FOTO: Arquivo O governador Paulo Câmara sancionou, nesta segunda-feira (27.06), sete leis que beneficiam profissionais e estudantes pernambucanos. Entre os...
Leia mais
Uncategorized

Beneficiários com NIS final 8 recebem hoje Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal paga hoje (28) a parcela de junho do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Correios: Relator defende privatização e estabilidade de 18 meses a servidores

CNN Brasil

Relator da comissão especial que discute a privatização dos Correios, o deputado federal Gil Cutrim (Republicanos-MA) deu parecer favorável à privatização da empresa em um processo que prevê estabilidade de 18 meses aos servidores, contados a partir da data da desestatização.

O documento aponta que, para o relator, é juridicamente viável delegar o serviço postal para a iniciativa privada por meio de um contrato de concessão. O texto foi concluído nesta quinta-feira e enviado a parlamentares da comissão especial destinada a discutir o tema. Em seu relatório, Cutrim sustenta que, “em várias partes do mundo, há uma tendência de que as comunicações sejam privatizadas”.

O relator reconhece que o serviço postal é um serviço público, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), e enfatiza que a carta maior confere à União, em caráter exclusivo, a exploração do serviço postal e do correio aéreo.

Apesar disso, observa que o serviço público pode ser desempenhado indiretamente pela iniciativa privada, citando o artigo 175 da Carta Magna. “Cabe ressaltar, nesta última hipótese, que a titularidade do serviço público permanece com o Estado, sendo transferida apenas sua execução ao particular concessionário ou permissionário”.

Apesar de apontar a falta de investimentos na estatal e excesso de reclamações de consumidores sobre o serviço, o relatório defende que a privatização da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) não vai promover a dispensa em massa dos funcionários. O texto reporta ser necessário estipular um período de estabilidade pós-desestatização, em que o servidor teria sua estabilidade garantida por 18 meses.

Deixe um comentário