Uncategorized

Walkyria Santos, ex-Magníficos, lamenta a morte do filho de 16 anos

A assessoria da cantora Walkyria Santos, ex-vocalista da Magníficos, informou, nesta terça-feira (3), que Lucas, filho da artista, faleceu aos...
Leia mais
Uncategorized

MEC divulga lista de pré-selecionados para Fies do segundo semestre

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no fim da noite dessa terça-feira (3) a relação dos candidatos pré-selecionados em chamada...
Leia mais
Uncategorized

WhatsApp ganha opção para enviar fotos e vídeos que só podem ser visualizados uma vez

Para aumentar a privacidade dos usuários, o Whatsapp oficializou nesta terça-feira (03) um recurso que permite enviar fotos e vídeos que podem...
Leia mais
Uncategorized

Governo estuda dar bônus no Bolsa Famíla para quem conseguir emprego

Parte do governo federal avalia a proposta de pagar um valor de bônus aos beneficiários do Bolsa Família que conseguirem...
Leia mais
Uncategorized

Com aporte de R$ 5 bilhões, Plano Retomada deverá gerar 130 mil empregos em Pernambuco

O governo de Pernambuco lançou nesta terça-feira um pacote de incentivos que deverá estimular a geração de empregos e o...
Leia mais
Uncategorized

Reverendo chora, admite culpa e pede desculpas ao Brasil

O reverendo Amilton Gomes de Paula, fundador da ONG Senah (Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários) e citado como um intermediador...
Leia mais
Uncategorized

CPI retira convocação de Braga Netto da pauta por ‘risco político’

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid retirou da pauta a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto....
Leia mais
Uncategorized

‘Não há possibilidade de estourar teto’, diz Arthur Lira sobre novo Bolsa Família

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) negou que o novo Bolsa Família chegue a R$ 400, como defende o...
Leia mais
Uncategorized

Armas e produtos avaliados em R$ 500 mil são apreendidos no Porto de Suape em ação contra fraude em compras no exterior e sonegação de impostos

Um esquema fraudulento de importação de mercadorias, que entravam no Brasil sem pagar impostos, foi descoberto pela Receita Federal no...
Leia mais
Uncategorized

Corpo do ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco será cremado nesta quarta-feira, em Paulista

O corpo do ex-governador Joaquim Francisco, que faleceu nesta terça-feira  vítima de um câncer de pâncreas, será cremado nesta quarta-feira...
Leia mais
Uncategorized

Gasolina mais cara: agosto começa com novo reajuste do combustível

O mês de agosto mal começou e o consumidor já precisará preparar o bolso para mais um aumento no preço...
Leia mais
Uncategorized

Ministério da Educação cria Programa Educação e Família

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (3) a portaria que institui o Programa Educação e Família....
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Agência Brasil Explica: como funcionam as bandeiras tarifárias

Anúncios de aumento na conta de luz são sempre motivo de preocupação. Desde 2015 que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) resolveu adotar o sistema de bandeiras na conta de luz, para o consumidor saber se está pagando o valor normal ou um valor a mais pela energia elétrica. As bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica.

Elas são indicadoras do valor da energia – de quanto está custando para o Sistema Interligado Nacional (SIN) gerar a energia usada nas casas, nos estabelecimentos comerciais e nas indústrias. Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre nenhum acréscimo.

A bandeira amarela significa que as condições de geração de energia não estão favoráveis, e a conta sofre acréscimo de R$ 1,874 por 100 kilowatt-hora (kWh) consumido. A bandeira vermelha mostra que está mais caro gerar energia naquele período. A bandeira vermelha é dividida em dois patamares. No primeiro patamar, o valor adicional cobrado passa a ser proporcional ao consumo, na razão de R$ 3,971 por 100 kWh; o patamar 2 aplica a razão de R$ 9,492 por 100 kWh.

“Com as bandeiras tarifárias, o consumidor ganha um papel mais ativo na definição de sua conta de energia. Ao saber, por exemplo, que a bandeira está vermelha, o consumidor pode adaptar seu consumo e diminuir o valor da conta (ou, pelo menos, impedir que ele aumente)”, explica a Aneel em seu site.

Reajuste das bandeiras

Os valores das bandeiras foram reajustados no dia 29 de junho. O aumento mais significativo foi o do patamar 2 da bandeira vermelha, o mais alto de todos. O aumento foi de 52%.

Esse aumento, no entanto, não é calculado em cima do valor total da conta de luz, e sim no acréscimo gerado a cada 100 kWh consumido. O reajuste das bandeiras provoca um impacto no valor final da conta de luz, segundo a Aneel, de 4,9%.

Por que a conta aumenta?

A usina hidrelétrica, que gera energia a partir da força da água nos reservatórios, é a mais barata e a primeira opção do SIN. Por isso, em épocas de muita chuva e reservatórios cheios, a bandeira tarifária costuma ser a verde, porque a energia está sendo produzida da maneira mais em conta.

Em períodos de estiagem, quando o nível dos reservatórios diminui, é necessário captar energia de outros tipos de usina, como as termelétricas. Esse tipo de usina gera energia a partir de combustíveis fósseis, como diesel e gás. Além de ser mais poluente, é mais cara. Por isso, quando as termelétricas são acionadas, o custo da geração de energia aumenta e a bandeira tarifária muda.

Quem faz a avaliação das condições de geração de energia no país é o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). É ele que define a melhor estratégia de geração de energia para atendimento da demanda. Ela define a previsão de geração hidráulica e térmica, além do preço de liquidação da energia no mercado de curto prazo.

Deixe um comentário