Uncategorized

“Natal Luz e Amor que Transforma” celebra a magia do Natal em Ouricuri

Quem passa pelas avenidas e no entorno da praça Frei Damião já pode perceber a movimentação e o clima contagiante...
Leia mais
Uncategorized

Operação Lei Seca completa uma década de atuação em Pernambuco

Foto: divulgação A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas pernambucanos...
Leia mais
Uncategorized

Bolsonaro é o melhor cabo eleitoral que Moro poderia ter

Desde o início do governo, o presidente Jair Bolsonaro fazia tudo errado e dava certo para ele. A partir de certo momento,...
Leia mais
Uncategorized

Brasil já aplicou ao menos uma dose de vacina em 90% dos adultos acima dos 18 anos

O Ministério da Saúde anunciou que o Brasil alcançou, nesta quinta-feira, a marca de 90% do público-alvo (população adulta) vacinado...
Leia mais
Uncategorized

Carnaval de Pernambuco pode ser realizado em formato diferente em 2022

O Carnaval de Pernambuco de 2022 pode ser modulado, informou o secretário de Saúde do Estado, André Longo, em coletiva...
Leia mais
Uncategorized

Flexibilização de máscara em Pernambuco cai por terra

Pernambuco voltou atrás na decisão de liberar o uso de máscara ao atingir 80% da população vacinada, como estava previsto...
Leia mais
Uncategorized

Deputado do PL é flagrado com dinheiro que seria do orçamento secreto

Em imagens divulgadas pela revista Crusoé, Josimar de Maranhãozinho, deputado do Partido Liberal, aparece manuseando maços de dinheiro que, segundo a Polícia Federal,...
Leia mais
Uncategorized

Araripina: Polícia investiga suposto abuso sexual em criança

Foto: Blog do Roberto Ao dar entrada na UPA, a criança apresentava quadro clínico de obstrução do reto por algum...
Leia mais
Uncategorized

Vale-gás não consegue cobrir metade do custo do botijão em 17 estados

Sancionado na última semana pelo presidente Jair Bolsonaro, o auxílio previsto no programa Gás dos Brasileiros começará a ser pago...
Leia mais
Uncategorized

Presidente regulamenta auxílio gás e Programa Alimenta Brasil

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta quinta-feira (2) decreto que regulamenta a Lei 14.237/21, que institui o auxílio gás. O texto...
Leia mais
Uncategorized

PEC: Gleisi se diz surpresa com votos favoráveis de senadores petistas

A decisão da maioria dos senadores do PT de votar a favor da PEC dos Precatórios irritou a presidente nacional...
Leia mais
Uncategorized

Ministério confirma cinco casos da variante Ômicron no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira (2) cinco casos da variante Ômicron no Brasil – três em São Paulo e...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Denúncia de propina de US$ 1 por dose empareda governo, e Planalto tenta blindar Bolsonaro

Auxiliares de Jair Bolsonaro discutem nos bastidores como blindar o presidente das recentes denúncias contra o seu governo em relação a contratos de vacinação. As crises constantes têm atingido uma de suas bandeiras eleitorais de que não haveria irregularidades em sua gestão.

Bolsonaro ignorou a denúncia de oferta de propina na compra de vacina e afirmou nesta quarta-feira (30) que mentiras não vão tirá-lo do Palácio do Planalto, referindo-se à CPI da Covid no Senado como “CPI de bandidos”.

“Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI, integrada por sete bandidos, que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente: conduzir o destino da nossa nação e zelar pelo bem-estar e pelo progresso do nosso povo”, disse em discurso de improviso durante visita a Ponta Porã (MS).

Reservadamente, assessores presidenciais criticam a demora do Planalto em reagir a turbulências, sobretudo as que envolvem a CPI da Covid no Senado.

A queda de Roberto Ferreira Dias da Diretoria de Logística do Ministério da Saúde é um exemplo.

Desgastado nas últimas semanas em razão das suspeitas em torno da compra da vacina indiana Covaxin, ele só foi exonerado após o representante de uma vendedora de vacinas afirmar à Folha de S.Paulo que recebeu dele pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de fechar contrato.

O mesmo tem ocorrido em relação ao líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), apontado como um dos fiadores da indicação de Dias. Bolsonaro resiste em tirá-lo do posto, à espera de que o próprio deputado abra mão.

Deixe um comentário