Uncategorized

Pernambuco recebe mais 53 mil doses de AstraZeneca

Foto: Hélia Scheppa/SEI-PE Mais 53 mil doses de vacinas contra a Covid-19 produzidas pela AstraZeneca/Fiocruz chegaram a Pernambuco na manhã...
Leia mais
Uncategorized

Miguel Coelho anunciará na próxima semana diretrizes do seu plano de governo

Foto: divulgação O pré-candidato Miguel Coelho (UB) anunciará nesta segunda-feira (30), às 10h, no Recife, as diretrizes do seu plano...
Leia mais
Uncategorized

A cinco meses das eleições, Congresso e governo articulam para baratear luz e diesel

Foto: EBC/AgBr O Governo Jair Bolsonaro e a cúpula do Congresso preparam uma nova ofensiva para reduzir os reajustes na...
Leia mais
Uncategorized

Aneel mantém bandeira tarifária verde para junho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu acionar a bandeira verde no mês de junho para todos os consumidores...
Leia mais
Uncategorized

Ivete Sangalo faz show antológico em Juazeiro e ainda deixa ‘presente’ para região

Foi um momento histórico. A musa Ivete Sangalo festejou como quis seus 50 anos de vida com um grande show...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena deste sábado sorteia prêmio de R$ 100 milhões

O Concurso 2.485 da Mega-Sena, que será realizado hoje (28) à noite em São Paulo, deverá pagar o prêmio de R$ 100...
Leia mais
Uncategorized

Projeto em 19 maternidades do SUS reduz mortalidade materna em 37%

Projeto desenvolvido em 19 hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) reduziu a mortalidade materna em mais de 30%. Foram...
Leia mais
Uncategorized

Caixa inaugura hoje a +Milionária com prêmio mínimo de R$ 10 milhões

A Caixa fará hoje (28) o sorteio da mais nova loteria federal, a +Milionária. Diferentemente da Mega Sena - o...
Leia mais
Uncategorized

Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar até R$ 1 mil do FGTS

Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar até R$ 1 mil das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)...
Leia mais
Uncategorized

Primeiro caso de varíola do macaco na América Latina é confirmado na Argentina

O Ministério da Saúde da Argentina confirmou o primeiro caso da varíola dos macacos no país, nesta sexta-feira (27). O...
Leia mais
Uncategorized

Diretora de escola é agredida por estudante com ‘mata-leão’; Veja vídeo

A diretora de uma escola em Itararé, no interior de São Paulo, foi agredida por um aluno de 17 anos...
Leia mais
Uncategorized

Câmara aprova limite da alíquota de ICMS sobre combustíveis

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite de ontem (25), o projeto que limita a aplicação de alíquota do Imposto...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Governo pediu propina de US$ 1 por dose, diz vendedor de vacina

Folha de S.Paulo

O representante de uma vendedora de vacinas afirmou em entrevista à Folha de S.Paulo que recebeu pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de fechar contrato com o Ministério da Saúde.

Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que se apresenta como representante da empresa Davati Medical Supply, disse que o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, cobrou a propina em um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro.

Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Sua nomeação ocorreu em 8 de janeiro de 2019, na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM). A Folha tentou, sem sucesso, contato com Dias na noite desta terça-feira (29). Ele não atendeu as ligações.

A empresa Davati buscou a pasta para negociar 400 milhões de doses da vacina da AstraZeneca com uma proposta feita de US$ 3,5 por cada (depois disso passou a US$ 15,5). “O caminho do que aconteceu nesses bastidores com o Roberto Dias foi uma coisa muito tenebrosa, muito asquerosa”, disse Dominguetti.

A Folha chegou a Dominguetti por meio de Cristiano Alberto Carvalho, que se apresenta como procurador da empresa no Brasil e também aparece nas negociações com o ministério. Segundo Cristiano, Dominguetti representa a empresa desde janeiro.

“Eu falei que nós tínhamos a vacina, que a empresa era uma empresa forte, a Davati. E aí ele falou: ‘Olha, para trabalhar dentro do ministério, tem que compor com o grupo’. E eu falei: ‘Mas como compor com o grupo? Que composição que seria essa?’”, contou Dominguetti.

“Aí ele me disse que não avançava dentro do ministério se a gente não compusesse com o grupo, que existe um grupo que só trabalhava dentro do ministério, se a gente conseguisse algo a mais tinha que majorar o valor da vacina, que a vacina teria que ter um valor diferente do que a proposta que a gente estava propondo”, afirmou o representante da empresa.

Deixe um comentário