Uncategorized

Em menos de 24 horas, duas mulheres são assassinadas em Petrolina

Fotos: WhatsApp/reprodução Em menos de 24 horas, de sábado (24) para domingo (25), Petrolina registrou o assassinato de duas mulheres....
Leia mais
Uncategorized

Mulher sofre agressão e ameaça de morte de ex-marido em Juazeiro

Um vídeo mostra uma agressão e violência contra uma mulher de 36 anos, em Juazeiro (BA), que mora  no bairro...
Leia mais
Uncategorized

Sábado é dia de Pizza, aproveite o final de semana em alto estilo, degustando as melhores pizzas da cidade com seus amigos

Leia mais
Uncategorized

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho recebem hoje (24) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá...
Leia mais
Uncategorized

Cabo do Exército diz que foi ameaçado por um indivídou com uma faca em Araripina

Foto: ilustração Caso ocorreu no distrito de Gergelim e foi registrado na Delegacia Local Policiais militares da 9ª CIPM foram...
Leia mais
Uncategorized

Filho agride a própria mãe com barra de ferro em Araripina

(Foto ilustrativa) Uma mãe foi agredida pelo próprio filho em Araripina, Sertão do Araripe. De acordo com a 9° Companhia...
Leia mais
Uncategorized

Pernambuco anuncia compra de 1,4 milhão de testes para frear variante delta

Visando combater a disseminação de novas cepas do coronavírus em Pernambuco, o Governo do Estado irá investir na compra de...
Leia mais
Uncategorized

Caminhão carregado de madeira irregular é retido em Petrolina

Durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-407, em Petrolina, na última quinta-feira (22), um caminhão que transportava...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

Dados do Ministério da Saúde apontam que foram aplicadas no país mais de 130 milhões de doses de vacinas contra...
Leia mais
Uncategorized

Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na noite de hoje (23) que determinou a suspensão cautelar dos estudos...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado (24) ao apostador que acertar as seis dezenas sorteadas. O sorteio do concurso...
Leia mais
Uncategorized

Pazuello recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da Saúde em 2020

Folha de S.Paulo O general Eduardo Pazuello recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Primeiro caso de covid-19 pode ter surgido na China em outubro de 2019

O vírus que causa a covid-19 pode ter começado a se espalhar na China em outubro de 2019, dois meses antes de o primeiro caso oficial da doença ser identificado na cidade chinesa de Wuhan, mostrou um novo estudo divulgado nesta sexta-feira (25).

Pesquisadores da Universidade de Kent, no Reino Unido, usaram métodos da ciência da conservação para estimar que o Sars-CoV-2 apareceu pela primeira vez entre o início de outubro e meados de novembro de 2019, de acordo com artigo publicado no jornal científico PLOS Pathogens.

A data mais provável para o surgimento do vírus é 17 de novembro de 2019, e ele provavelmente já havia se espalhado globalmente em janeiro de 2020, estimam.

O primeiro caso oficial de covid-19 na China surgiu em dezembro de 2019 e foi vinculado ao mercado de frutos do mar de Huanan, em Wuhan.

No entanto, alguns dos primeiros casos não tinham conexão conhecida com Huanan, o que implica que o Sars-CoV-2 já estava circulando antes de chegar ao mercado.

Estudo conjunto publicado pela China e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no final de março reconheceu que podem ter ocorrido infecções esporádicas em humanos antes do surto de Wuhan.

Em artigo publicado nesta semana, o pesquisador Jesse Bloom, do Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seattle, nos Estados Unidos, recuperou dados de sequenciamento genômico dos primeiros casos de covid-19 na China, que haviam sido deletados de uma base de dados.

Os dados mostraram que as amostras retiradas do mercado de Huanan “não eram representativas” do Sars-CoV-2 como um todo e eram uma variante de uma sequência progenitora que circulava anteriormente, que se espalhou para outras partes da China.

O Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos confirmou à Reuters que as amostras usadas no estudo foram submetidas ao Sequence Read Archive (SRA) em março de 2020 e, posteriormente, excluídas a pedido de pesquisadores chineses, que disseram que seriam atualizadas e enviadas a outra base de dados.

Críticos afirmam que a exclusão é mais uma evidência de que a China estava tentando encobrir as origens da covid-19.

Deixe um comentário