Uncategorized

INSS paga aposentadorias com reajuste a partir desta terça-feira

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia nesta terça-feira (25), o pagamento de aposentadorias com o valor reajustado para 2022....
Leia mais
Uncategorized

Gestão de Miguel Coelho é aprovada por 88% dos petrolinenses, diz Ipespe

Foto: Deivid Menezes/PMP O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (DEM), tem a sua administração aprovada por 88% da população do...
Leia mais
Uncategorized

Araripina: Polícia apreende moto clonada

Foto: 9ª CIPM/divulgação Um comerciante foi detido em Araripina (PE), Sertão do Araripe, na tarde de ontem (24), após vender...
Leia mais
Uncategorized

Cidade do Ceará, que imunizou todos os adultos, não tem nenhuma morte por Covid há sete meses

O Globo Uma cidade cearense demonstra com clareza absoluta a importância das vacinas contra a Covid. Longe das praias de...
Leia mais
Uncategorized

Brasileiros têm bilhões a receber de bancos e não sabem. Veja como descobrir se você é um deles

O Banco Central (BC) lançou um serviço que permite aos cidadãos checarem se têm dinheiro a receber de instituições financeiras....
Leia mais
Uncategorized

Governo discute diminuição do intervalo da Pfizer a crianças de 5 a 11 anos

O governo federal discute a possibilidade de redução do intervalo entre as doses da vacina da Pfizer aplicadas em crianças...
Leia mais
Uncategorized

UFPE suspende aulas presenciais e adota modelo exclusivamente remoto por conta do aumento de casos de Covid

G1 A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) anunciou, nesta segunda-feira (24), a suspensão das aulas presenciais e adoção de aulas...
Leia mais
Uncategorized

Pernambuco autoriza início da vacinação de crianças de 6 a 11 anos com CoronaVac

O governo de Pernambuco autorizou, nesta segunda-feira (24), a vacinação de crianças de 6 a 11 anos com a vacina...
Leia mais
Uncategorized

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 6

A Caixa paga nesta terça-feira (25) o Auxílio Brasil a beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 6. O valor mínimo...
Leia mais
Uncategorized

Distribuição de sementes beneficia 23.833 agricultores do Araripe

Os agricultores da Região de Araripina começam a receber as sementes do Programa Campo Novo, do Instituto Agronômico de Pernambuco...
Leia mais
Uncategorized

Pico de casos de Covid-19 deve ocorrer em fevereiro, diz Queiroga

O Ministério da Saúde prevê que o pico de casos de Covid-19 ocorrerá no mês de fevereiro, devido ao avanço da variante Ômicron ,...
Leia mais
Uncategorized

Rosa Weber pede à PGR apuração sobre atraso na vacinação infantil

Rosinei Coutinho/ STF Ministra do STF, Rosa Weber A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou para a...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Governo formaliza contrato com Fiocruz para vacina de Oxford

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) assinou ontem (1º) contrato de transferência de tecnologia com a AstraZeneca para a produção de vacina contra a covid-19 totalmente fabricada no país. O contrato formaliza processo já iniciado de compartilhamento de inovações pela AstraZeneca em consórcio com a Universidade de Oxford com a Fiocruz.

No ano passado, o governo assinou um contrato preliminar de encomenda tecnológica que fixou parâmetros para a aquisição de doses da vacina Oxford/AstraZeneca e para a transferência de tecnologia à Fiocruz, que passou a atuar como uma parceira no consórcio.

(Brasília - DF, 01/06/2021) Assinatura do Contrato de Transferência de Tecnologia da Vacina para Covid-19 desenvolvida por Oxford, comercializada pela AstraZeneca e produzida no Brasil pela Fiocruz. Fotos: Alan Santos/PR

O 1º lote de doses da Oxford/AstraZeneca foi importado. Em seguida, a Fiocruz passou a fazer o envase e finalização do processo a partir do recebimento dos ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) vindos do exterior, no caso da China.

De acordo com a fundação, a estrutura de fabricação já recebeu certificado de boas práticas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A fase seguinte é o treinamento e preparação do IFA a ser produzido no Brasil, o que deve ocorrer em junho.

Testes

Esses insumos elaborados no Brasil passarão por testes junto a AstraZeneca para aferir se eles garantem a qualidade, segurança e eficácia necessárias da fórmula original do imunizante.

Em seguida, será preciso submeter a documentação sobre o novo processo produtivo à Anvisa para que a agência autorize a alteração no registro da vacina já obtido, que conta com as informações dos IFAs fabricados no exterior.

A previsão da Fiocruz é que a fabricação das primeiras vacinas totalmente nacionais ocorra a partir de outubro.

Avanço da vacinação

Na cerimônia de assinatura, realizada na sede do Ministério da Saúde, o titular da pasta, Marcelo Queiroga, informou que até o momento foram entregues pela parceria entre Fiocruz e Oxford/AstraZeneca 47 milhões de doses. Pelo contrato, seriam disponibilizadas mais 50 milhões de doses.

“Com o avanço da vacinação, demos início à vacinação dos professores. Diante da ameaça de novas variantes, começamos a vacinação de portos e aeroportos. Com mais de 600 milhões de doses encomendadas, nosso objetivo é oferecer até o fim do ano vacinação para toda a população do país”, disse Queiroga.  

Conforme o painel de vacinação do Ministério da Saúde, ainda estão previstas 20,9 milhões de doses em junho, 36,9 milhões para o 3º trimestre e 110 milhões de doses para o 4º trimestre do ano, totalizando 210,4 milhões de doses contratadas de diferentes laboratórios.

Copa América

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou a cerimônia de assinatura para falar sobre a disposição do governo federal de realizar a Copa América no Brasil após a desistência da Argentina. Ele argumentou que outras competições sul-americanas estão ocorrendo, como Libertadores e Eliminatórias da Copa do Mundo e declarou que “ao que tudo indica” o torneio ocorrerá no Brasil.

“Acabamos com 1ª Fase da Libertadores. Foram 80 jogos sem problema nenhum. Começamos eliminatórias da Copa sem problema nenhum. No que depende do governo federal, seguindo os mesmos protocolos, estávamos em condição de realizar a Copa”, afirmou Bolsonaro.

Hoje o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) enviou ofício ao presidente do Fórum de Governadores, Wellington Dias (Piauí), questionando a realização da Copa América no Brasil.

“Como os grandes eventos revelam-se extremamente importantes para a disseminação do vírus e determinam a necessidade de medidas extremas dos gestores para tentar conter a doença em seus territórios, este Conselho Nacional de Secretários de Saúde – Conass entende absolutamente inoportuna e desaconselhável a realização de quaisquer campeonatos esportivos capazes de propiciar vários pontos de aglomeração, mesmo que os estádios não recebam torcida, sob pena de termos um agravamento ainda maior da situação epidemiológica no país”, diz o documento. Via Agência Brasil

Deixe um comentário