Uncategorized

Walkyria Santos, ex-Magníficos, lamenta a morte do filho de 16 anos

A assessoria da cantora Walkyria Santos, ex-vocalista da Magníficos, informou, nesta terça-feira (3), que Lucas, filho da artista, faleceu aos...
Leia mais
Uncategorized

MEC divulga lista de pré-selecionados para Fies do segundo semestre

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no fim da noite dessa terça-feira (3) a relação dos candidatos pré-selecionados em chamada...
Leia mais
Uncategorized

WhatsApp ganha opção para enviar fotos e vídeos que só podem ser visualizados uma vez

Para aumentar a privacidade dos usuários, o Whatsapp oficializou nesta terça-feira (03) um recurso que permite enviar fotos e vídeos que podem...
Leia mais
Uncategorized

Governo estuda dar bônus no Bolsa Famíla para quem conseguir emprego

Parte do governo federal avalia a proposta de pagar um valor de bônus aos beneficiários do Bolsa Família que conseguirem...
Leia mais
Uncategorized

Com aporte de R$ 5 bilhões, Plano Retomada deverá gerar 130 mil empregos em Pernambuco

O governo de Pernambuco lançou nesta terça-feira um pacote de incentivos que deverá estimular a geração de empregos e o...
Leia mais
Uncategorized

Reverendo chora, admite culpa e pede desculpas ao Brasil

O reverendo Amilton Gomes de Paula, fundador da ONG Senah (Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários) e citado como um intermediador...
Leia mais
Uncategorized

CPI retira convocação de Braga Netto da pauta por ‘risco político’

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid retirou da pauta a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto....
Leia mais
Uncategorized

‘Não há possibilidade de estourar teto’, diz Arthur Lira sobre novo Bolsa Família

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) negou que o novo Bolsa Família chegue a R$ 400, como defende o...
Leia mais
Uncategorized

Armas e produtos avaliados em R$ 500 mil são apreendidos no Porto de Suape em ação contra fraude em compras no exterior e sonegação de impostos

Um esquema fraudulento de importação de mercadorias, que entravam no Brasil sem pagar impostos, foi descoberto pela Receita Federal no...
Leia mais
Uncategorized

Corpo do ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco será cremado nesta quarta-feira, em Paulista

O corpo do ex-governador Joaquim Francisco, que faleceu nesta terça-feira  vítima de um câncer de pâncreas, será cremado nesta quarta-feira...
Leia mais
Uncategorized

Gasolina mais cara: agosto começa com novo reajuste do combustível

O mês de agosto mal começou e o consumidor já precisará preparar o bolso para mais um aumento no preço...
Leia mais
Uncategorized

Ministério da Educação cria Programa Educação e Família

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (3) a portaria que institui o Programa Educação e Família....
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Instituto opinião divulga primeira pesquisa para governador em PE

Na primeira pesquisa de intenção de voto para governador de Pernambuco em 2022, do Instituto Opinião (PB), postada abaixo, com exclusividade para o blog do Magno Martins, algumas constatações naturais, dentre elas uma irrefutável: o pré-candidato das forças governistas, ex-prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), não desponta com o potencial eleitoral que muitos aliados imaginavam. Mais do que isso, é detentor de uma rejeição que, dificilmente, pode ser revertida num curto espaço de tempo.

Para quem ficou na vitrine nos últimos oito anos, prefeito eleito e reeleito da capital, onde está concentrado o maior reduto eleitoral do Estado, largar com menos de 7% é algo muito preocupante. Na verdade, tecnicamente, Geraldo está situado num empate técnico com o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), uma cara ainda desconhecida na área metropolitana, com forte inserção apenas no Sertão, notadamente o Vale do São Francisco, onde tem quase metade das intenções de voto – 48%.

Além de estar entre os lanternas, Geraldo é o nome mais rejeitado entre todos os pré-candidatos. Outro dado que o coloca numa situação ainda mais delicada: Zé Neto (PSB), secretário da Casa Civil, fora da mídia, que ganhou um pequeno espaço apenas com a lembrança do seu nome pelo líder do Avante na Câmara, Sebastião Oliveira, já pontua na pesquisa, mesmo timidamente com 2,5%, sinal de que, vindo a ser colocado na vitrine, pode atrapalhar o projeto de Geraldo de ser escolhido, consensualmente.

A pesquisa, na verdade, foi boa para as novas caras com sonho majoritário – Raquel Lyra (PSDB), Anderson Ferreira (PL) e Miguel Coelho, respectivamente à frente dos governos de Caruaru, Jaboatão e Petrolina. Bingo para Raquel, que, além de aparecer em segundo lugar num cenário em que seu nome é misturado com todos os eventuais concorrentes, chega a liderar quando o Opinião testa um segundo cenário para governador substituindo Marília Arraes pelo senador Humberto Costa (ambos do PT).

O cenário, eventualmente, é de empate técnico, mas não deixa de ser alentador para Raquel por estar à frente de todos, numericamente. Avaliando o quadro mostrado pela pesquisa, todos os candidatos da oposição são, sem dúvida, competitivos. Anderson Ferreira, por exemplo, tem, teoricamente, mais aderência na Região Metropolitana do que Marília, na medida em que a petista aparece com mais intenção de voto na Zona da Mata do que mesmo na Metropolitana.

Quanto a Miguel, não foi nenhuma surpresa os números bastante favoráveis na região em que é de fato conhecido e tem serviços prestados como prefeito de Petrolina, o Vale do São Francisco, adentrando, também, com bons percentuais de intenção de voto no restante do semiárido, do Sertão Central, cujo epicentro é Salgueiro, ao Sertão do Araripe, Pajeú e Moxotó. O grande desafio de Miguel, conforme mostra a pesquisa, é ganhar a simpatia do eleitorado do Grande Recife e Zona da Mata.

Se outros fatores externos não tiverem o peso que se espera na sucessão estadual, como a nacionalização da eleição com Lula candidato ao Planalto e aliado do PSB em Pernambuco, as oposições têm quadros competitivos que, bem trabalhados, podem se traduzir numa ameaça à retomada do poder das mãos dos socialistas desde que Eduardo Campos foi eleito em 2006.

Deixe um comentário