Uncategorized

lamengo derrota Universidad Católica e se classifica na Libertadores

O Flamengo se classificou para as oitavas da Taça Libertadores após derrotar o Universidad Católica (Chile) por 3 a 0,...
Leia mais
Uncategorized

Ministério da Educação lança programa Primeira Infância na Escola

O Ministério da Educação lançou nesta terça-feira (17) um programa voltado para a educação de crianças de 0 a 5 anos...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio acumulado em R$ 45 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (18) um prêmio acumulado e estimado em R$ 45 milhões. As seis dezenas do concurso...
Leia mais
Uncategorized

Brasil tem 4.486 denúncias de violações de direitos contra crianças

Dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos indicam que este ano já foram registradas 4.486 denúncias...
Leia mais
Uncategorized

Ensino Fundamental do Norte e Nordeste receberá investimento de R$ 1,2 bilhão do MEC

Um investimento de R$ 1,2 bilhão. Esse é o valor que será destinado ao Programa Educa Mais Norte e Nordeste,...
Leia mais
Uncategorized

Lei Seca: entenda o que está em votação no Supremo nessa quarta-feira

Terá início nesta quarta-feira (18) o julgamento da constitucionalidade da Lei Seca pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A Lei 11.705/2008 entrou em...
Leia mais
Uncategorized

Saque Extraordinário do FGTS será pago a 3,6 milhões de trabalhadores hoje

O Saque Extraordinário do FGTS será liberado nesta quarta-feira (18) para 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em junho. A Caixa...
Leia mais
Uncategorized

Câmara aprova MP que permite inadimplentes abaterem até 99% de dívida do Fies

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (17) uma nova versão de uma Medida Provisória (MP) que permite...
Leia mais
Uncategorized

Mais de 90 bebês e crianças esperam vagas de UTI em Pernambuco; ‘situação é caótica’, diz médica

G1 O número de menores de idade que aguardavam vagas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), nesta terça (17), chegou...
Leia mais
Uncategorized

Com Entrega de Obras, Veículos, Competições, Festa e Assinatura de Ordens de Serviço, Ouricuri Celebrou 119 Anos de Emancipação Política Neste Sábado, 14

A Prefeitura de Ouricuri realizou neste sábado, 14, de maio, o aniversário de 119 anos de emancipação política do município....
Leia mais
Uncategorized

Marília lidera com quase 29%; Raquel tem 16%, Miguel 13%, Anderson 12% e Danilo 7,1%

A pré-candidata do Solidariedade, Marília Arraes, lidera com 28,8% a corrida para o Governo de Pernambuco, segundo levantamento do Paraná...
Leia mais
Uncategorized

Desaprovação de Paulo Câmara piora e chega a 67,3% em Pernambuco, diz Paraná Pesquisa

No levantamento de maio, o Paraná Pesquisa divulgou também na manhã de hoje a avaliação e aprovação da administração Paulo...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

TCU veta uso de precatórios do Fundef para pagar profissionais do magistério até o julgamento do mérito

Em decisão publicada no dia 5 de maio, o Tribunal de Contas da União (TCU), por meio do Acórdão 1.039/2021-Plenário, determinou que Municípios e Estados não utilizem os recursos de precatórios do extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) em pagamentos de rateios, abonos indenizatórios, passivos trabalhistas/previdenciários e remunerações ordinárias dos profissionais do magistério. A decisão fica em vigor até que a Corte de Contas decida sobre o mérito dessa questão.

Com a decisão, o TCU busca assegurar a destinação correta dos recursos oriundos de precatórios do Fundef e evitar possíveis irregularidades em razão do cenário legal de incertezas criado com a derrubada do veto presidencial ao parágrafo único do artigo 7º da Lei 14.057/2020 pelo Congresso Nacional.

Em matéria publicada em março deste ano sobre essa decisão do Congresso, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), além de esclarecer os gestores municipais sobre a decisão do Legislativo, alertou sobre os impactos dessa medida, recomendando cautela aos gestores locais quanto ao uso dos recursos, até que o TCU se manifestasse a respeito do tema.

Para a CNM, a decisão do TCU reafirma o entendimento existente na jurisprudência que é contrária ao uso dos recursos de precatórios do Fundef com pagamentos aos profissionais do magistério. A entidade entende que a nova norma, ao prever pagamentos a inativos e pensionistas, contraria a vedação expressa na Emenda Constitucional 108/2020 da utilização de recursos vinculados à manutenção e ao desenvolvimento do ensino para pagamento de aposentadorias e pensões. A situação também foi alertada pela Confederação.

Cabe destaque a referência feita à CNM no relatório do TCU pelo ministro Walton Alencar Rodrigues. A Confederação é citada como única entidade civil e o relator reconhece sua constante atuação junto aos Municípios nos esclarecimentos e orientações acerca de temas controversos e de interesse transversal, a exemplo da utilização dos recursos dos precatórios do Fundef.

Com a decisão proferida no Acórdão, o TCU determina:

– que os entes municipais e estaduais beneficiários de precatórios, provenientes da diferença no cálculo da complementação devida pela União, no âmbito do Fundef, se abstenham de utilizar tais recursos no pagamento a profissionais do magistério ou a quaisquer outros servidores públicos, a qualquer título, até mesmo de abono, até que este Tribunal decida sobre o mérito das questões suscitadas;
– que os entes municipais e estaduais observem os entendimentos, manifestos no Acórdão, sob pena de responsabilização, pelo TCU, dos agentes públicos; – que a Casa Civil, a Advocacia-Geral da União, o Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, se manifestem, no prazo de 15 dias, acerca dos elementos constantes da representação, e das medidas adotadas e os prazos previstos, no âmbitos de cada uma de suas instâncias, para a efetiva regulamentação do parágrafo único do artigo 7º da Lei 14.057/2020. As informações são da CNM.

Deixe um comentário