Uncategorized

Walkyria Santos, ex-Magníficos, lamenta a morte do filho de 16 anos

A assessoria da cantora Walkyria Santos, ex-vocalista da Magníficos, informou, nesta terça-feira (3), que Lucas, filho da artista, faleceu aos...
Leia mais
Uncategorized

MEC divulga lista de pré-selecionados para Fies do segundo semestre

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no fim da noite dessa terça-feira (3) a relação dos candidatos pré-selecionados em chamada...
Leia mais
Uncategorized

WhatsApp ganha opção para enviar fotos e vídeos que só podem ser visualizados uma vez

Para aumentar a privacidade dos usuários, o Whatsapp oficializou nesta terça-feira (03) um recurso que permite enviar fotos e vídeos que podem...
Leia mais
Uncategorized

Governo estuda dar bônus no Bolsa Famíla para quem conseguir emprego

Parte do governo federal avalia a proposta de pagar um valor de bônus aos beneficiários do Bolsa Família que conseguirem...
Leia mais
Uncategorized

Com aporte de R$ 5 bilhões, Plano Retomada deverá gerar 130 mil empregos em Pernambuco

O governo de Pernambuco lançou nesta terça-feira um pacote de incentivos que deverá estimular a geração de empregos e o...
Leia mais
Uncategorized

Reverendo chora, admite culpa e pede desculpas ao Brasil

O reverendo Amilton Gomes de Paula, fundador da ONG Senah (Secretaria Nacional de Assuntos Humanitários) e citado como um intermediador...
Leia mais
Uncategorized

CPI retira convocação de Braga Netto da pauta por ‘risco político’

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid retirou da pauta a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto....
Leia mais
Uncategorized

‘Não há possibilidade de estourar teto’, diz Arthur Lira sobre novo Bolsa Família

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) negou que o novo Bolsa Família chegue a R$ 400, como defende o...
Leia mais
Uncategorized

Armas e produtos avaliados em R$ 500 mil são apreendidos no Porto de Suape em ação contra fraude em compras no exterior e sonegação de impostos

Um esquema fraudulento de importação de mercadorias, que entravam no Brasil sem pagar impostos, foi descoberto pela Receita Federal no...
Leia mais
Uncategorized

Corpo do ex-governador de Pernambuco Joaquim Francisco será cremado nesta quarta-feira, em Paulista

O corpo do ex-governador Joaquim Francisco, que faleceu nesta terça-feira  vítima de um câncer de pâncreas, será cremado nesta quarta-feira...
Leia mais
Uncategorized

Gasolina mais cara: agosto começa com novo reajuste do combustível

O mês de agosto mal começou e o consumidor já precisará preparar o bolso para mais um aumento no preço...
Leia mais
Uncategorized

Ministério da Educação cria Programa Educação e Família

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União de hoje (3) a portaria que institui o Programa Educação e Família....
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

TCU veta uso de precatórios do Fundef para pagar profissionais do magistério até o julgamento do mérito

Em decisão publicada no dia 5 de maio, o Tribunal de Contas da União (TCU), por meio do Acórdão 1.039/2021-Plenário, determinou que Municípios e Estados não utilizem os recursos de precatórios do extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) em pagamentos de rateios, abonos indenizatórios, passivos trabalhistas/previdenciários e remunerações ordinárias dos profissionais do magistério. A decisão fica em vigor até que a Corte de Contas decida sobre o mérito dessa questão.

Com a decisão, o TCU busca assegurar a destinação correta dos recursos oriundos de precatórios do Fundef e evitar possíveis irregularidades em razão do cenário legal de incertezas criado com a derrubada do veto presidencial ao parágrafo único do artigo 7º da Lei 14.057/2020 pelo Congresso Nacional.

Em matéria publicada em março deste ano sobre essa decisão do Congresso, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), além de esclarecer os gestores municipais sobre a decisão do Legislativo, alertou sobre os impactos dessa medida, recomendando cautela aos gestores locais quanto ao uso dos recursos, até que o TCU se manifestasse a respeito do tema.

Para a CNM, a decisão do TCU reafirma o entendimento existente na jurisprudência que é contrária ao uso dos recursos de precatórios do Fundef com pagamentos aos profissionais do magistério. A entidade entende que a nova norma, ao prever pagamentos a inativos e pensionistas, contraria a vedação expressa na Emenda Constitucional 108/2020 da utilização de recursos vinculados à manutenção e ao desenvolvimento do ensino para pagamento de aposentadorias e pensões. A situação também foi alertada pela Confederação.

Cabe destaque a referência feita à CNM no relatório do TCU pelo ministro Walton Alencar Rodrigues. A Confederação é citada como única entidade civil e o relator reconhece sua constante atuação junto aos Municípios nos esclarecimentos e orientações acerca de temas controversos e de interesse transversal, a exemplo da utilização dos recursos dos precatórios do Fundef.

Com a decisão proferida no Acórdão, o TCU determina:

– que os entes municipais e estaduais beneficiários de precatórios, provenientes da diferença no cálculo da complementação devida pela União, no âmbito do Fundef, se abstenham de utilizar tais recursos no pagamento a profissionais do magistério ou a quaisquer outros servidores públicos, a qualquer título, até mesmo de abono, até que este Tribunal decida sobre o mérito das questões suscitadas;
– que os entes municipais e estaduais observem os entendimentos, manifestos no Acórdão, sob pena de responsabilização, pelo TCU, dos agentes públicos; – que a Casa Civil, a Advocacia-Geral da União, o Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, se manifestem, no prazo de 15 dias, acerca dos elementos constantes da representação, e das medidas adotadas e os prazos previstos, no âmbitos de cada uma de suas instâncias, para a efetiva regulamentação do parágrafo único do artigo 7º da Lei 14.057/2020. As informações são da CNM.

Deixe um comentário