Uncategorized

Vacinados têm desconto! Veja as iniciativas de empresas para aumentar imunização

De pizza a limpeza de sofá, passando por depilação: empresas dos mais diversos segmentos estão oferecendo desconto para quem tomar...
Leia mais
Uncategorized

Prova de vida do INSS: aposentados têm 3 dias para realizar a comprovação

Os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que deveriam fazer prova de vida até...
Leia mais
Uncategorized

Casal é executado com mais de 35 tiros na fronteira do Paraguai

Um casal foi executado com mais de 35 tiros em uma choperia, na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai,...
Leia mais
Uncategorized

Polícia apreende mais de 1,6 quilo de cocaína e revólver em Petrolina

Foto: 2º BIEsp/divulgação Uma ação realizada pelo 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) em Petrolina, na última segunda-feira (26), resultou na...
Leia mais
Uncategorized

Plantação de maconha é erradicada em distrito de Casa Nova

Fotos: PCBA/divulgação Uma plantação com mais de mil pés de maconha foi erradicada na segunda-feira (26), no povoado de Santana...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Pernambuco começa a distribuir novas doses de vacinas aos municípios nesta quarta-feira

Pernambuco deve receber, nesta quarta-feira (28), 94.770 unidades da Pfizer, a quantidade que falta para completar as 506 mil doses...
Leia mais
Uncategorized

Insatisfeitos, policiais civis de Pernambuco deflagram operação-padrão

Os policiais civis de Pernambuco decidiram, em assembleia nesta terça-feira (27), deflagrar uma operação-padrão. E também há uma promessa de...
Leia mais
Uncategorized

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em outubro

Trabalhadores informais nascidos em outubro recebem hoje (28) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou hoje (27) que adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos no Plano Nacional de...
Leia mais
Uncategorized

INSS reduz fila do auxílio-doença, mas número de negados cresce

O Instituto Nacional de Seguridade Social vem investindo par reduzir a fila da perícia médica para quem deseja garantir o...
Leia mais
Uncategorized

Joice se recusou a fazer exame toxicológico pedido pela polícia

A deputada federal Joice Hasselmann se recusou a fazer um exame toxicológico no Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal....
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos

O país ultrapassou ontem (26) a marca de 550 mil mortos pela covid-19. O balanço divulgado ontem pelo Ministério da...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

AGU recorre de decisão de Marco Aurélio Mello que mandou governo realizar Censo em 2021

O Globo

A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, que determinou que o governo federal adote medidas para a realização do Censo, que foi suspenso em razão dos cortes orçamentários.

No recurso, a AGU pediu para que o ministro suspenda a liminar ou, caso a mantenha, aceite que o Censo seja realizado em 2022. Caso o ministro exija que o Censo seja realizado ainda neste ano, a Advocacia-Geral pediu que seja autorizado que o governo use valores reservados para emendas parlamentares para realizar o Censo.

O pedido para a realização do censo foi feito pelo estado do Maranhão.  Na semana passada, o Ministério da Economia informou que a realização do Censo em 2021 estava cancelada devido aos cortes de verba no Orçamento de 2021 negociado com o Congresso.

O governo argumentou que a organização do censo demográfico foi adiada em razão da insuficiência orçamentária e decorreu de naturais escolhas políticas em relação à alocação de recursos. Além disso, a AGU destacou que a lei foi aprovada no Congresso Nacional.
“Desse modo, pretensões como a da presente ação devem ser apreciadas pelo Poder Judiciário com a devida cautela, a fim de evitar que se retire a legitimidade da escolha democrática feita pelos Poderes eleitos e designados pela Constituição como participantes do processo legislativo orçamentário”, afirmou o governo ao recorrer da decisão de Marco Aurélio.

Deixe um comentário