Uncategorized

Luz deve subir 19% em 2022, diz levantamento; seca é maior responsável

A conta de luz deve sofrer, em média, um reajuste de 19% em 2022, de acordo com cálculos da TR...
Leia mais
Uncategorized

Deputados se posicionam contra o Carnaval em Pernambuco

A Reunião Plenária da Alepe foi marcada por apelos para que o Governo do Estado adote medidas de controle da...
Leia mais
Uncategorized

MEC publica edital para adesão das instituições ao Fies de 2022

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta quarta-feira (1º) o edital com o cronograma e os procedimentos para participação das mantenedoras de...
Leia mais
Uncategorized

Pelo menos 14 capitais não terão festa de Réveillon neste ano

Ao menos 14 capitais brasileiras decidiram não realizar festas de Réveillon na virada de 2021 para 2022, devido ao avanço...
Leia mais
Uncategorized

Brasil tem 11,4 mil novos casos de covid-19 e 283 mortes em 24 horas

O balanço divulgado nessa quarta-feira (1º) pelo Ministério da Saúde registra 11.413 novos casos de covid-19 no Brasil, em 24...
Leia mais
Uncategorized

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem; confira

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (1º) os gabaritos oficiais do Exame Nacional...
Leia mais
Uncategorized

Senado vota hoje medida que cria Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família

O Senado vota nesta quinta-feira a medida provisória (MP) que criou o programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família e...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena acumula e prêmio sobe para R$ 16 milhões; confira os números

A Caixa realizou na noite desta quarta-feira o sorteio do concurso 2.433 da Mega-Sena, com um prêmio de R$ 11.008.240,88,...
Leia mais
Uncategorized

Mais de 300 hectares de caatinga e cerrado desmatados em Área de Proteção Ambiental na Chapada do Araripe

Uma área de mais de 300 hectares da Serra da Perua, encravada na Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapada...
Leia mais
Uncategorized

Brasil tem a maior proporção de crianças fora da escola dos últimos seis anos

Levantamento do Todos Pela Educação mostra que o Brasil tem o maior número de crianças de 6 a 14 anos...
Leia mais
Uncategorized

Bolsonaro no PL muda dinâmica de forças na oposição pernambucana

Foto: reprodução Por Diego Lagedo / PE em Pauta A filiação de Bolsonaro ao PL, realizada nessa terça-feira (30), continua...
Leia mais
Uncategorized

Mais 230 casos e oito mortes por Covid-19 são registrados em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (30), 230 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 19 (8%)...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Lobby da vacina passa policiais à frente de pessoas com fatores de risco

Até as 17h, de 3ª feira (4.mai.2021), 33,5% dos integrantes das forças de segurança do Brasil receberam ao menos a 1ª dose de alguma vacina anticovid disponível no país. O segmento está em 20º lugar na lista de prioridades do plano de vacinação, mas é o 10º mais vacinado.

Enquanto isso, as pessoas com comorbidades estão no fim da fila. O grupo de 18 a 59 anos com doenças preexistentes que são fator de risco está em 14º lugar nas prioridades. Mas só 1,7% já foi vacinado. As pessoas neste grupo de comorbidades, assim como os mais idosos, têm mais risco de ocupar UTIs de hospital, desenvolver complicações e morrer caso sejam infectadas.

Poder360 comparou as estimativas populacionais dos grupos prioritários usadas no Programa Nacional de Imunização com os dados de vacinados com a 1ª dose no Localiza SUS. A base de dados do SUS agrupa os dados de idosos acima de 80 anos.

Em São Paulo, 100% dos policiais já foram vacinados. É o que afirma Gustavo Galvão Bueno, vice-presidente da ADPJ (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária), que reúne os delegados da Polícia Civil. “Todos os policiais do Estado, civis e militares, já tomaram ao menos a 1ª dose”, disse.

Bueno afirmou que há um monitoramento sistemático dos Estados que menos vacinam as forças de segurança. Não estão descartadas novas manifestações de policiais para avançar o cronograma.

ESPECIALISTA CRITICA

Fernando Bozza, da Fiocruz, critica a prioridade concedida a policiais. “Não há evidências de que as forças de segurança tenham maior risco de morte ou de transmissão”, diz Bozza, chefe do Laboratório de Pesquisa Clínica em Medicina Intensiva do Instituto Nacional de Infectologia, que integra a Fiocruz.

Bozza afirma que a vacina busca reduzir a sobrecarga no sistema de saúde e a transmissão do vírus. Para o 1º objetivo precisam ser vacinados idosos e quem tem comorbidades.

Na avaliação do pesquisador, há justificativa de prioridade no caso de alguns segmentos. “Os profissionais de saúde devem ser vacinados pelo risco de transmissão dentro do hospital e porque são uma força de trabalho crítica para a pandemia”, afirmou. Os trabalhadores da área de saúde estão entre os grupos prioritários e já foram quase todos atendidos: 90,5% estão vacinados.

Bozza disse também que seria desejável vacinar os professores e demais trabalhadores de educação para favorecer a abertura das escolas. Mas apenas 11,3% dos profissionais da educação básica foram vacinados até agora. Na educação superior é bem menos que isso: 2,1%.

O contato com a população tem sido usado no caso dos policiais para justificar a prioridade na vacinação. Mas caso se leve isso em conta, motoristas e cobradores de ônibus, que têm contato diário com grande número de outras pessoas, deveriam estar à frente. E apenas 0,6% desse grupo foi vacinado até agora.

Deixe um comentário