Uncategorized

Reinventar é o verbo mais conjugado dos professores

Após um ano e meio de ensino exclusivamente remoto, desde agosto deste ano, muitas das instituições de ensino escolar retornaram...
Leia mais
Uncategorized

Alepe: Projeto determina que hospitais e médicos informem direitos a gestantes

Gestantes atendidas pela rede pública de saúde em Pernambuco deverão ser informadas sobre todos os direitos legais garantidos a elas...
Leia mais
Uncategorized

Estados querem que mudança no ICMS dos combustíveis seja rejeitada no Senado

Os estados defendem que o Senado rejeite o projeto de lei que promove alterações no cálculo do ICMS sobre os...
Leia mais
Uncategorized

Bares, restaurantes e eventos podem funcionar até 2h da manhã em Pernambuco

A partir desta sexta-feira (15), bares, restaurantes e eventos poderão funcionar até 2h da manhã em Pernambuco. A nova flexibilização...
Leia mais
Uncategorized

Araripina: Estado conclui primeira etapa de requalificação do aeroporto

Foto: divulgação Mais um importante passo foi dado no sentido de garantir o fortalecimento e a consolidação da aviação regional...
Leia mais
Uncategorized

Lei que prorroga medidas excepcionais na educação é sancionada

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (13) a lei que amplia até o fim do ano letivo de 2021...
Leia mais
Uncategorized

Pernambuco registra 171 casos e dois óbitos pela Covid-19

Foto: Silvio Ávila/AFP Pernambuco registrou nesta quarta-feira (13), duas mortes e 171 casos da Covid-19. De acordo com os novos...
Leia mais
Uncategorized

Senado aprova medidas de proteção a vítimas de violência doméstica

O Senado aprovou nesta quarta (13) um projeto de lei (PL) que amplia a proteção a vítimas de violência doméstica...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Brasil tem 601,5 mil mortes e 21,59 milhões de casos

O número de pessoas que perderam a vida para a pandemia de covid-19 chegou a 601.574. Em 24 horas, as...
Leia mais
Uncategorized

Brasil ultrapassa 100 milhões de pessoas com ciclo vacinal completo

O Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de pessoas com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo. O termo...
Leia mais
Uncategorized

Secretaria de Educação de Pernambuco anuncia concurso com 3,5 mil vagas

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press A Secretaria Estadual de Educação anunciou, nesta quarta-feira (13), concurso público com 3,5 mil vagas para...
Leia mais
Uncategorized

PRF registra queda de 21% em acidentes graves durante o feriado em rodovias federias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (13) os números da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizada todos os anos...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Após doze anos, Congresso derruba veto de Lula com impacto de R$ 2,8 bilhões

Após quase doze anos, o Congresso derrubou nesta segunda-feira (19) um veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que trata da reestruturação de carreiras de servidores da Receita Federal. O custo estimado da medida, apoiada pelo governo, é de R$ 2,8 bilhões, segundo assessores legislativos.

O projeto transforma em cargo de analista tributário, de nível superior, os postos técnicos da extinta Secretaria da Receita Previdenciária. O órgão deixou de existir em 2007 após uma reorganização da administração tributária do governo, quando foi unificado à Receita Federal.

Na justificativa do veto, em 2009, o então presidente afirmou que esses servidores não prestaram concurso público e também não possuíam atribuições iguais à nova função definida pelo projeto.

Com a transformação dos cargos, os salários desses servidores serão elevados. Os técnicos de seguro social (R$5,4 mil a R$ 8,7 mil) e analistas de seguro social (R$ 8,3 mil a R$ 13,0 mil) passarão a ter remuneração entre R$ 11,7 mil e R$ 16,7 mil no novo posto de analistas tributários da Receita.

O deputado Tiago Mitraud (Novo-MG) criticou a votação do veto. “É um veto ainda do presidente Lula, e nós tivemos depois Dilma [Rousseff], [Michel] Temer e Bolsonaro”, disse.

“O que acontece é que nós estamos pegando, nesse caso aqui, cerca de 1.800 funcionários, que são funcionários de nível médio, e, por conta de um projeto de lei, automaticamente estamos transformando esses cargos em ensino superior, obviamente, com uma remuneração muito maior”.

O líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), no entanto, defendeu o cumprimento do acordo pelo governo. “Entendemos que, no exercício político da função de líder do governo, por várias vezes disse aqui que é uma carreira parecida com técnico de futebol, exige o tratamento da palavra, da evolução de uma matéria sobre a outra, do avanço das negociações de todas as matérias.”

Deixe um comentário