Uncategorized

Vacinados têm desconto! Veja as iniciativas de empresas para aumentar imunização

De pizza a limpeza de sofá, passando por depilação: empresas dos mais diversos segmentos estão oferecendo desconto para quem tomar...
Leia mais
Uncategorized

Prova de vida do INSS: aposentados têm 3 dias para realizar a comprovação

Os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que deveriam fazer prova de vida até...
Leia mais
Uncategorized

Casal é executado com mais de 35 tiros na fronteira do Paraguai

Um casal foi executado com mais de 35 tiros em uma choperia, na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai,...
Leia mais
Uncategorized

Polícia apreende mais de 1,6 quilo de cocaína e revólver em Petrolina

Foto: 2º BIEsp/divulgação Uma ação realizada pelo 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) em Petrolina, na última segunda-feira (26), resultou na...
Leia mais
Uncategorized

Plantação de maconha é erradicada em distrito de Casa Nova

Fotos: PCBA/divulgação Uma plantação com mais de mil pés de maconha foi erradicada na segunda-feira (26), no povoado de Santana...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Pernambuco começa a distribuir novas doses de vacinas aos municípios nesta quarta-feira

Pernambuco deve receber, nesta quarta-feira (28), 94.770 unidades da Pfizer, a quantidade que falta para completar as 506 mil doses...
Leia mais
Uncategorized

Insatisfeitos, policiais civis de Pernambuco deflagram operação-padrão

Os policiais civis de Pernambuco decidiram, em assembleia nesta terça-feira (27), deflagrar uma operação-padrão. E também há uma promessa de...
Leia mais
Uncategorized

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em outubro

Trabalhadores informais nascidos em outubro recebem hoje (28) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício tem...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou hoje (27) que adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos no Plano Nacional de...
Leia mais
Uncategorized

INSS reduz fila do auxílio-doença, mas número de negados cresce

O Instituto Nacional de Seguridade Social vem investindo par reduzir a fila da perícia médica para quem deseja garantir o...
Leia mais
Uncategorized

Joice se recusou a fazer exame toxicológico pedido pela polícia

A deputada federal Joice Hasselmann se recusou a fazer um exame toxicológico no Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal....
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos

O país ultrapassou ontem (26) a marca de 550 mil mortos pela covid-19. O balanço divulgado ontem pelo Ministério da...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Após doze anos, Congresso derruba veto de Lula com impacto de R$ 2,8 bilhões

Após quase doze anos, o Congresso derrubou nesta segunda-feira (19) um veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que trata da reestruturação de carreiras de servidores da Receita Federal. O custo estimado da medida, apoiada pelo governo, é de R$ 2,8 bilhões, segundo assessores legislativos.

O projeto transforma em cargo de analista tributário, de nível superior, os postos técnicos da extinta Secretaria da Receita Previdenciária. O órgão deixou de existir em 2007 após uma reorganização da administração tributária do governo, quando foi unificado à Receita Federal.

Na justificativa do veto, em 2009, o então presidente afirmou que esses servidores não prestaram concurso público e também não possuíam atribuições iguais à nova função definida pelo projeto.

Com a transformação dos cargos, os salários desses servidores serão elevados. Os técnicos de seguro social (R$5,4 mil a R$ 8,7 mil) e analistas de seguro social (R$ 8,3 mil a R$ 13,0 mil) passarão a ter remuneração entre R$ 11,7 mil e R$ 16,7 mil no novo posto de analistas tributários da Receita.

O deputado Tiago Mitraud (Novo-MG) criticou a votação do veto. “É um veto ainda do presidente Lula, e nós tivemos depois Dilma [Rousseff], [Michel] Temer e Bolsonaro”, disse.

“O que acontece é que nós estamos pegando, nesse caso aqui, cerca de 1.800 funcionários, que são funcionários de nível médio, e, por conta de um projeto de lei, automaticamente estamos transformando esses cargos em ensino superior, obviamente, com uma remuneração muito maior”.

O líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), no entanto, defendeu o cumprimento do acordo pelo governo. “Entendemos que, no exercício político da função de líder do governo, por várias vezes disse aqui que é uma carreira parecida com técnico de futebol, exige o tratamento da palavra, da evolução de uma matéria sobre a outra, do avanço das negociações de todas as matérias.”

Deixe um comentário