Uncategorized

Reinventar é o verbo mais conjugado dos professores

Após um ano e meio de ensino exclusivamente remoto, desde agosto deste ano, muitas das instituições de ensino escolar retornaram...
Leia mais
Uncategorized

Alepe: Projeto determina que hospitais e médicos informem direitos a gestantes

Gestantes atendidas pela rede pública de saúde em Pernambuco deverão ser informadas sobre todos os direitos legais garantidos a elas...
Leia mais
Uncategorized

Estados querem que mudança no ICMS dos combustíveis seja rejeitada no Senado

Os estados defendem que o Senado rejeite o projeto de lei que promove alterações no cálculo do ICMS sobre os...
Leia mais
Uncategorized

Bares, restaurantes e eventos podem funcionar até 2h da manhã em Pernambuco

A partir desta sexta-feira (15), bares, restaurantes e eventos poderão funcionar até 2h da manhã em Pernambuco. A nova flexibilização...
Leia mais
Uncategorized

Araripina: Estado conclui primeira etapa de requalificação do aeroporto

Foto: divulgação Mais um importante passo foi dado no sentido de garantir o fortalecimento e a consolidação da aviação regional...
Leia mais
Uncategorized

Lei que prorroga medidas excepcionais na educação é sancionada

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (13) a lei que amplia até o fim do ano letivo de 2021...
Leia mais
Uncategorized

Pernambuco registra 171 casos e dois óbitos pela Covid-19

Foto: Silvio Ávila/AFP Pernambuco registrou nesta quarta-feira (13), duas mortes e 171 casos da Covid-19. De acordo com os novos...
Leia mais
Uncategorized

Senado aprova medidas de proteção a vítimas de violência doméstica

O Senado aprovou nesta quarta (13) um projeto de lei (PL) que amplia a proteção a vítimas de violência doméstica...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: Brasil tem 601,5 mil mortes e 21,59 milhões de casos

O número de pessoas que perderam a vida para a pandemia de covid-19 chegou a 601.574. Em 24 horas, as...
Leia mais
Uncategorized

Brasil ultrapassa 100 milhões de pessoas com ciclo vacinal completo

O Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de pessoas com o ciclo vacinal contra a covid-19 completo. O termo...
Leia mais
Uncategorized

Secretaria de Educação de Pernambuco anuncia concurso com 3,5 mil vagas

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press A Secretaria Estadual de Educação anunciou, nesta quarta-feira (13), concurso público com 3,5 mil vagas para...
Leia mais
Uncategorized

PRF registra queda de 21% em acidentes graves durante o feriado em rodovias federias

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira (13) os números da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizada todos os anos...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Rotina de dor e desesperança: um em cada 7 brasileiros tem fome

Há brasileiros com fome. São milhões de pessoas que, com a crise social que vem a reboque da pandemia, viram mirrar uma renda que já não garantia segurança alimentar. São moradores de favelas, população em situação de rua e habitantes de zonas rurais, que mal conseguem comprar um botijão de gás com os auxílios financeiros governamentais (quando chegam) e, para comer, dependem da caridade incerta de ativistas e religiosos. São brasileiros famintos que choram de impotência quando seus filhos vão dormir sem se alimentar.

Sustentando os números que indicam o crescimento do fantasma da fome estão rostos como o de Luiz Roberto Côrrea Silva, de 26 anos. Ele vive com a esposa, Antônia Maria, 20, e uma filha de outro relacionamento, Isabela, de 8, na favela Olaria, zona sul de São Paulo, a maior metrópole do país.

Diante do cenário de desespero que vive, ele contou que a opção da família tem sido deixar a filha dormir o máximo possível, para acordar e já almoçar. Quanto ao casal, o caminho é ignorar a barriga roncando e acompanhar a menina na refeição. “Se a Isabela acordar muito cedo, ela vai ficar com fome. É café da manhã ou almoço. Não tem como ser os dois”, relata Luiz. “Vez ou outra, pode acontecer de ter só almoço. Aí a gente inventa alguma coisa para beliscar à tarde, dorme cedo e agradece a Deus esperando o alimento do dia de amanhã”.

A falta de recursos e a fome angustiam esse jovem brasileiro. “O que eu penso é muito pesado pra falar.” Ele chora, respira fundo, e desabafa: “Eu me sinto um inútil, um lixo. Eu não consigo dar pra minha família o que ela precisa. Por mais que eu acorde cedo, corra atrás”. 

Deixe um comentário