Uncategorized

Em menos de 24 horas, duas mulheres são assassinadas em Petrolina

Fotos: WhatsApp/reprodução Em menos de 24 horas, de sábado (24) para domingo (25), Petrolina registrou o assassinato de duas mulheres....
Leia mais
Uncategorized

Mulher sofre agressão e ameaça de morte de ex-marido em Juazeiro

Um vídeo mostra uma agressão e violência contra uma mulher de 36 anos, em Juazeiro (BA), que mora  no bairro...
Leia mais
Uncategorized

Sábado é dia de Pizza, aproveite o final de semana em alto estilo, degustando as melhores pizzas da cidade com seus amigos

Leia mais
Uncategorized

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em julho

Trabalhadores informais nascidos em julho recebem hoje (24) a quarta parcela da nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá...
Leia mais
Uncategorized

Cabo do Exército diz que foi ameaçado por um indivídou com uma faca em Araripina

Foto: ilustração Caso ocorreu no distrito de Gergelim e foi registrado na Delegacia Local Policiais militares da 9ª CIPM foram...
Leia mais
Uncategorized

Filho agride a própria mãe com barra de ferro em Araripina

(Foto ilustrativa) Uma mãe foi agredida pelo próprio filho em Araripina, Sertão do Araripe. De acordo com a 9° Companhia...
Leia mais
Uncategorized

Pernambuco anuncia compra de 1,4 milhão de testes para frear variante delta

Visando combater a disseminação de novas cepas do coronavírus em Pernambuco, o Governo do Estado irá investir na compra de...
Leia mais
Uncategorized

Caminhão carregado de madeira irregular é retido em Petrolina

Durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-407, em Petrolina, na última quinta-feira (22), um caminhão que transportava...
Leia mais
Uncategorized

Covid-19: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

Dados do Ministério da Saúde apontam que foram aplicadas no país mais de 130 milhões de doses de vacinas contra...
Leia mais
Uncategorized

Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na noite de hoje (23) que determinou a suspensão cautelar dos estudos...
Leia mais
Uncategorized

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado (24) ao apostador que acertar as seis dezenas sorteadas. O sorteio do concurso...
Leia mais
Uncategorized

Pazuello recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da Saúde em 2020

Folha de S.Paulo O general Eduardo Pazuello recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Brasil registra 2.807 mortes por Covid em 24 h e média móvel de óbitos permanece acima de 3.000

O Brasil registrou 2.807 mortes pela Covid e 69.662 casos da doença, nesta sexta-feira (2). Apesar da aparente redução em relação a dias anteriores, a variação é esperada por causa do feriado, quando costuma haver atrasos de notificação de óbitos nas secretarias de saúde.

Com a redução de mortes, houve também uma queda na média móvel de óbitos, que agora é de 3.006, um valor ainda muito elevado. O recorde na média, 3.119, havia ocorrido na quinta, pelo sétimo dia seguido.

A situação crítica do país pode ser ilustrada pela sequência de dias com média móvel em níveis altíssimos. Ela se encontra há 17 dias acima de 2.000 mortes por dia e há 72 dias acima de 1.000. No dia 1º de fevereiro, o Brasil tinha 225.143 mortes por Covid desde o início da pandemia. Pouco mais de dois meses depois, outros mais de 100 mil brasileiros morreram pela doença.

A média é um instrumento estatístico que busca suavizar variações que ocorrem nos dados, como em finais de semana e feriados. Nesses dias, costumam ocorrer atrasos de notificação de mortes nas secretarias de saúde.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S. Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes. (Via: Folhapress)

Deixe um comentário