Uncategorized

Em Pernambuco, 149 crianças e adolescentes estão aptos à adoção

Pernambuco ocupa atualmente o sexto lugar no ranking de estados que mais realizam adoções no País, de acordo com dados...
Leia mais
Uncategorized

Mulher que teve nome de ex tatuado no rosto desabafa: “Me matou por dentro”

Uma mulher teve o nome de seu ex-namorado tatuado no rosto após ter sido sequestrada e mantida em cárcere pelo...
Leia mais
Uncategorized

Madrasta confessa que atirou criança do 4º andar em Alagoas

A madrasta do garoto de 6 anos, que foi atirado do 4º andar de um prédio, no bairro do Benedito Bentes,...
Leia mais
Uncategorized

Prazo de convocação de candidatos do Fies termina nesta quinta-feira

O prazo para a convocação dos candidatos inscritos na lista de espera para o primeiro processo seletivo de 2022 do...
Leia mais
Uncategorized

OMS: não há urgência para vacinação contra varíola dos macacos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) não acredita que o surto de varíola dos macacos fora da África exija vacinações...
Leia mais
Uncategorized

Governo reduz imposto de importação de vários produtos

O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é,...
Leia mais
Uncategorized

Policiais prendem indivíduo e erradicam roça de maconha na Fazenda Garrote Morto, no Sertão de Pernambuco

Neste domingo (22), durante atuação conjunta entre as equipes do GATI, Malhas da Lei e NIS-2, todos da 1ª CIPM,...
Leia mais
Uncategorized

Partidos têm até dia 31 para pedir registro de federações partidárias

Até o dia 31 deste mês, a Justiça Eleitoral encerra o prazo para a oficialização de federações partidárias. Inédita no país, a nova...
Leia mais
Uncategorized

Enxaqueca requer tratamento médico, alerta neurologista

No mês de conscientização da cefaleia, o neurologista Leandro Calia, membro da Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC) e do corpo...
Leia mais
Uncategorized

Agência Brasil explica: como fazer declaração retificadora do IR

O prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) termina no próximo dia 31. Se o contribuinte...
Leia mais
Uncategorized

Noite do Piseiro é o esquenta para a reabertura do Kazarão Clube em Ouricuri dia 04 de junho

Depois de mais de 2 anos cheio de adiamentos por conta principalmente do avanço da pandemia e por diversos artistas...
Leia mais
Uncategorized

Divulgado o resultado do concurso para o Censo 2022 do IBGE

O resultado do processo seletivo simplificado (PSS) do Censo Demográfico 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi...
Leia mais
b22b4e93-0467-467c-a1aa-23aaeff4d789

Agora é oficial: Pagamento do auxílio emergencial começará no dia 6 de abril, anuncia governo

O governo Bolsonaro anunciou, nesta quarta-feira, 31, que o pagamento da nova rodada do auxílio emergencial começará na terça-feira, 6. Serão quatro parcelas com valor médio de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375, a depender da configuração familiar – mulheres chefes de família receberão R$ 375, e família unipessoais, ou seja, que vivem só, terão direito a R$ 150 mensais. A partir da quinta-feira, 1º, o beneficiário poderá consultar se foi aprovado no site da Dataprev.

“Como o presidente Bolsonaro falou, esse é um alento ao povo brasileiro. O auxílio, viabilizado através da PEC Emergencial, terá quatro parcelas e será direcionado ao brasileiro vulnerável, para aquelas pessoas que estão passando muita dificuldade. A preocupação do presidente Bolsonaro é válida. Precisamos estar perto da população que mais precisa, que sofre, que tem dificuldades para levar o sustento para as suas famílias”, disse o ministro da Cidadania, João Roma. Em 2020, foram pagas cinco parcelas de R$ 600 e outras quatro de R$ 300.

Na coletiva, Bolsonaro também falou sobre a nova rodada do benefício. “É mais um endividamento da União. Isso não é dinheiro que estava no cofre. Isso pesa para todos nós”, afirmou. O presidente da República também voltou a criticar as medidas de isolamento social e disse que “não é ficando em casa que vamos solucionar esse problema”. “Essa política ainda está sendo adotada, mas o espírito dela era buscar achatar a curva de contaminação enquanto os hospitais se preparavam com leitos de UTI, respiradores, para que as pessoas não viessem a perder suas vidas por falta de atendimento. O governo federal dispensou bilhões de reais para a Saúde. O governo sabe que não pode continuar por muito tempo com estes auxílios, que custa para toda a população e pode desequilibrar a nossa economia. O apelo que a gente faz aqui é que essa política de lockdown seja revista. Isso cabe, na ponta da linha, aos governadores e aos prefeitos. Só assim poderemos voltar à normalidade”, afirmou

Deixe um comentário